A TODOS AQUELES QUE POR AQUI PASSEM SEJAM SEMPRE BEM VINDOS A ESTE ESPAÇO DEDICADO AOS MEUS TREINOS DE CORRIDA
E A TUDO QUE POSSA INTERESSAR NA NOSSA VIDA





















domingo, 29 de maio de 2011

Grande Prémio Atletismo De Perafita




Hoje foi dia de prova e  pela segunda vez estive presente em Perafita.
Após a meia de Cortegaça era costume fazer a meia do Douro Vinhateiro, mas este ano devido a algum cansaço acumulado decidi não correr a meia do Douro e esta em Perafita também não fazia parte dos planos, foi uma inscrição feita nas vésperas da prova.

Esta prova está marcada como uma prova de 10 km mas na realidade não os têm, marcou no meu garmin 9.450m, num trajecto que parecendo fácil acaba por enganar um pouco.

Estando neste momento ainda numa fase não muito boa, decidi correr sem grandes expectativas no que toca a tempos. A prova este ano tinha poucos atletas na linha de partida, para os 10 km estavam inscritos apenas 192 atletas, por isso não deu grande confusão na linha de partida, originando isso sim uma partida algo rápida.
Acabei por fazer os 9.5km em 42' 07'' o que não foi nada mal para quem continua a sentir que o corpo ainda não está nas melhores condições.
Agora à que esperar pela  corrida do S.João.

Classificações aqui:
http://www.atletas.net/provas/sites/gp-perafita

domingo, 8 de maio de 2011

27ª Meia Maratona de Cortegaça

De volta à competição.
Hoje foi dia de prova, pelo 4º ano consecutivo corro a meia de Cortegaça, esta foi a minha estreia em meias maratonas e como tal gosto de a correr, não só por ter sido aqui a estreia mas pelo prazer de correr pelo meio do pinheiral e poder respirar aquele ar de frescura do pinheiral e da brisa que vêm do mar.

Durante quase toda a semana  nos dias de  treino a meia foi aqui e ali tema de conversa principalmente em relação ao tempo que poderia fazer e sinceramente acho que não me portei muito mal, pois eu estava apontando para um tempo bem mais longo do que foi o tempo final.

Quando me inscrevi para esta prova fazia tenção de ir com a minha esposa e o meu filho e passar o resto do dia no Parque de Cortegaça na companhia de um casal amigo, contudo o tempo não estava com boa cara e a minha família não quis vir, curioso que no ano anterior também aconteceu o mesmo.
Bom, acabei por ter a companhia de um amigo nesta deslocação e que apesar de andar à já uns anos em provas esta era a sua primeira vez em Cortegaça.
Chegámos cedo, por volta das 8.30h, o tempo não estava mau, mas um pouco abafado sentia- se a humidade no ar. Passado uns minutos aparecem os restantes membros do grupo, a entrega dos dorsais, um pouco de conversa e à que equipar para o aquecimento.
Pela segunda vez consecutiva corro sem o relógio, mais uma vez fiquei sem bateria ao ponto de o relógio não ligar, não sei como aconteceu pois eu tinha posto o relógio a carregar.


Olhando ao problema que venho sentindo à algum tempo!!  ainda se mantém aquela sensação de cansaço e que eu ainda não resolvi.
Quando parti para esta prova o meu pensamento em relação ao tempo que poderia fazer era algo que não gostaria que acontecesse mas tudo era possível.
Apesar de não ter acontecido, as coisas estiveram algo más, por volta dos 5km comecei a perder velocidade, o cansaço que venho sentindo instalou-se e tive que fazer um esforço para não parar antes da viragem. Mal virei aos 10 e qualquer coisa deu-se a primeira paragem para descansar, uns metros largos a passo para descansar e voltar à corrida, entretanto  fui aguentando o ritmo e um pouco antes dos 14 novamente outra paragem, mais uns passos para descanso e arranco novamente ao passar na contagem aos 15km sou informado que vou com 1h12minutos e algo mudou na minha cabeça, o andamento ficou mais rápido senti que as forças voltavam e fui mantendo um andamento razoável, por volta dos 19km  tive que abrandar um pouco com uma dor na parte de trás da coxa, mas logo que entrei na recta que levava á meta voltei a impor novamente o ritmo que trazia acabando com 1:41:30 h tempo oficial da prova.
Sempre pensei que olhando ao que tenho sentido ao longo destes últimos tempos que não conseguiria fazer menos do que 1:50 h por isso já não foi mau.
Agora é continuar a treinar, descansar o suficiente ir melhorando para a próxima que é a Corrida das Festas da Cidade.

domingo, 1 de maio de 2011

Maratona no Parque

Esta foi a segunda edição da maratona no Parque da Cidade, organizada pela equipa do Porto Runers.
O ano passado não tive oportunidade de me juntar ao grupo para pelo menos correr algumas voltas mas este ano lá me apresentei.
O inicio estava marcado para as 8.15h, a manhã estava fresca e a prometer que iríamos sair de camisa colada ao corpo, mas não de suor. Quando lá cheguei por volta das 9.00h, já um grupo bem constítuido rolava quase a terminar a 2º volta. Entrei praticamente no inicio da 3º volta ainda sem chuva, mas foi por pouco tempo, o terreno começou a ficar enlameado, as voltas foram sucedendo, o ritmo instantâneo estava excelente 5.40 mais coisa menos coisa. 
Os Km foram sucedendo, o ritmo mantinha-se estável o grupo ia crescendo já atingia praticamente a centena, uns iam saindo outros entravam  e começava mais uma volta.
Vontade de continuar dando voltas não faltava mas a cabeça dizia para não fazer mais do que as cinco que eu tinha em mente, pois a meia de Cortegaça estava aí à porta e convinha não abusar, por isso foram só cinco as Voltas que dei, foram  22.850 km  em 2:11:14.
Esta foi uma manhã de treino bem passada e que espero poder repetir, fazendo votos que na próxima o número de participantes aumente, e quem sabe com outras condições.