A TODOS AQUELES QUE POR AQUI PASSEM SEJAM SEMPRE BEM VINDOS A ESTE ESPAÇO DEDICADO AOS MEUS TREINOS DE CORRIDA
E A TUDO QUE POSSA INTERESSAR NA NOSSA VIDA





















sábado, 30 de abril de 2011

Esperando pela recuperação

Continuando o tema dos últimos posts, e sentindo que as coisas ainda não estão bem, não sei o que vai acontecer daqui a 8 dias em Cortegaça. Uma coisa é certa é para terminar nem que acabe por ser o meu pior tempo à meia, será da maneira que vou aproveitar para respirar o ar do pinheiral.
Os treinos não têm corrido mal, continuo a sentir algum cansaço, não sei se esse cansaço é provocado pelos treinos ou pela conjectura do que se passa no trabalho.
Estes últimos dois meses abrandei um pouco os treinos longos, contudo a carga de km efectuados mantiveram-se dentro do meses anteriores.
 No mês de Março:
 Distãncia percorrida:  217.56 Km
 Hora:                         18:43:01 h:m:s
 Veloc. Média:            11.6 Km/h

No mês de Abril:
Distãncia percorrida:   194.81 Km
Hora:                          17:26:41  h:m:s
Veloc. Média:             11.2  Km/h

Partindo do principio que a situação no ano passado por está altura foi um pouco idêntica espero que no que toca à recuperação seja também igual .
Vamos aguardando por melhores dias (vontade e sol)

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Grete Waitz, rival de Rosa Mota

A norueguesa Grete Waitz morreu ontem, aos 57 anos. Foi campeã do mundo em 1983 e correu várias vezes ao lado de Rosa Mota, que a considerava "um ídolo".

A norueguesa Grete Waitz morreu ontem, aos 57 anos, em Oslo, vítima de um cancro que lhe tinha sido diagnosticado há seis anos.
A maratonista ficou na história por ter sido campeã do mundo em 1983 e por ter conquistado a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1984. Também terminou no primeiro posto a Maratona de Nova Iorque por nove vezes, mais do que qualquer outra atleta até hoje.
Nos Jogos Olímpicos de 1988, em Seul, quando Rosa Mota subiu ao pódio, Waitz não conseguiu terminar a prova ao lado da rival. "Ganhei à Grete e penso que, não sendo ela a ganhar, ficou contente por ser eu a campeã", disse Rosa Mota em declarações à Agência Lusa.
A campeã olímpica portuguesa confessou que admirava a rival "desde a juventude", muito antes de correr com ela. "Tornámo-nos grandes amigas. Foi a atleta que mais me ganhou e a que mais admirei", explicou.
Rosa Mota, que entregou o troféu da meia-maratona de Lisboa a Waitz em 2002, lamentou a "grande perda para o desporto", porque a amiga tinha uma "forma de estar diferente das outras atletas.

Videos de homenagem a uma grande campeã

domingo, 17 de abril de 2011

Continuação da fase menos boa

Ainda com alguns dos problemas, mencionados num dos posts anteriores, e utilizando algumas das sugestões que me foram dadas, continuo com algum cansaço.
Curioso é que o ano passado quase por esta altura, após a meia do Douro passei por uma fase de cansaço muito idêntica, mas que foi ultrapassada.
Os treinos semanais têm corrido razoavelmente bem, uns melhores do que outros , os longos passaram a ser ligeiramente mais curtos pelo menos até que a fase negra passe.
Espero que a situação vá melhorando, como tal já estou inscrito na meia de Cortegaça,  a prova que foi a estreia na distãncia e que vou correr pela 4º vez.

sábado, 2 de abril de 2011

Sem Palavras

Por muito grandes que sejam as nossoas mazelas ou problemas na vida tornam-se insignificantes após ver as imagens deste video.
Todos devem assistir a este vídeo pelo menos uma vez!!!