A TODOS AQUELES QUE POR AQUI PASSEM SEJAM SEMPRE BEM VINDOS A ESTE ESPAÇO DEDICADO AOS MEUS TREINOS DE CORRIDA
E A TUDO QUE POSSA INTERESSAR NA NOSSA VIDA





















quarta-feira, 20 de abril de 2011

Grete Waitz, rival de Rosa Mota

A norueguesa Grete Waitz morreu ontem, aos 57 anos. Foi campeã do mundo em 1983 e correu várias vezes ao lado de Rosa Mota, que a considerava "um ídolo".

A norueguesa Grete Waitz morreu ontem, aos 57 anos, em Oslo, vítima de um cancro que lhe tinha sido diagnosticado há seis anos.
A maratonista ficou na história por ter sido campeã do mundo em 1983 e por ter conquistado a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1984. Também terminou no primeiro posto a Maratona de Nova Iorque por nove vezes, mais do que qualquer outra atleta até hoje.
Nos Jogos Olímpicos de 1988, em Seul, quando Rosa Mota subiu ao pódio, Waitz não conseguiu terminar a prova ao lado da rival. "Ganhei à Grete e penso que, não sendo ela a ganhar, ficou contente por ser eu a campeã", disse Rosa Mota em declarações à Agência Lusa.
A campeã olímpica portuguesa confessou que admirava a rival "desde a juventude", muito antes de correr com ela. "Tornámo-nos grandes amigas. Foi a atleta que mais me ganhou e a que mais admirei", explicou.
Rosa Mota, que entregou o troféu da meia-maratona de Lisboa a Waitz em 2002, lamentou a "grande perda para o desporto", porque a amiga tinha uma "forma de estar diferente das outras atletas.

Videos de homenagem a uma grande campeã

Sem comentários:

Enviar um comentário