A TODOS AQUELES QUE POR AQUI PASSEM SEJAM SEMPRE BEM VINDOS A ESTE ESPAÇO DEDICADO AOS MEUS TREINOS DE CORRIDA
E A TUDO QUE POSSA INTERESSAR NA NOSSA VIDA





















quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O COMBOIO DA VIDA

"Numa viagem de comboio, ao longo do percurso, pode acontecer uma grande adversidade de situações. 
A Nossa existência terrena pode ser comparada a uma dessas viagens, mais ou menos longa.
Primeiro, porque é cheia de embarques e desembarques, alguns acidentes, surpresas agradáveis em alguns embarques, e grandes tristezas em algumas partidas.
Quando nascemos, entramos no comboio e deparamos com pessoas que desejamos que sigam sempre connosco: os nossos pais. Infelizmente, isso não vai acontecer: em alguma estação eles descerão e deixar-nos-ão órfãos dos seus carinhos. amizade e companhia insubstitúiveis.
Mas durante a viagem, outras pessoas especiais embarcarão e seguirão viagem connosco: os irmãos, amigos, amores e filhos. A viagem não é igual para todos. Alguns fazem dela um passeio, outros só vêem nela tristezas, e outros ainda circulam pelo comboio, prontos para ajudar quem precise.
Muitos descem e deixam saudades eternas...   Outros passam de uma forma que, quando desocupam o seu assento, ninguém se apercebe.
Curioso é constatar que alguns passageiros que nos são caros se acomodam em carruagens distantes da nossa, o que não impede, é claro, que durante o percurso nos aproximemos deles e os abracemos, embora jamais possamos seguir juntos, porque haverá alguém ao seu lado  ocupando aquele lugar.
Mas isso não importa, pois a viagem é cheia de atropelos. sonhos, fantasias, esperas, despedidas. O importante, mesmo, é que façamos a nossa viagem da melhor maneira possivél, tentando relacionar-nos bem com os demais passageiros, vendo em cada um deles o que tem de melhor.
Devemos lembrar-nos sempre que, em algum momento do trajecto, eles poderão fraquejar e precisamos entendê-los, pois nós também fraquejamos muitas vezes e gostamos que haja alguém que nos entenda.
A grande diferença, afinal, é que no  comboio da vida, nunca sabemos em que estação teremos que descer. e muito menos em que estação descerão os nossos amores, nem mesmo aquele que está a nosso lado. É possível que, quando tivermos que desembarcar, a saudade nos venha fazer companhia....
Porque não é fácil separar-nos dos amigos, nem deixar que os filhos sigam viagem sozinhos.
No entanto, em algum lugar, há uma estação principal par onde todos seguimos, lá nos reencontraremos todos,  e quando chegar essa hora teremos grandes emoções em poder abraçar os nossos amores, e matar a saudade que nos fez companhia por longo tempo...
Que a nossa breve viagem seja uma grande oportunidade de aprender e ensinar, entender e atender aqueles que viajam ao nosso lado, porque não foi o acaso que os colocou ali...
Que aprendamos a amar e a servir, compreender e perdoar, pois não sabemos quanto tempo ainda nos resta até  á estação onde teremos que deixar o comboio".



Este texto foi retirado de um mail que recebi, e traduz em grande parte aquilo que se passa hoje em dia no nosso dia-á-dia, nem sempre damos valor e atenção aos nossos amigos, á nossa família e só nos damos conta disso  precisamente quando algum deles desembarca numa dessas estações. Por isso nesta altura e não só é sempre bom lembrarmos aqueles  que nos são queridos e desejar-lhes um Bom Natal e Festas Felizes e que em 2011 possam continuar viagem nesse COMBOIO DA VIDA

3 comentários:

  1. Obrigado Novais pela visita ao meu blogue e pela assiduididade com que o faz e pla mensagem que lá deixou.
    Desejo para si também amigo Pára umas Festas bem felizes na companhia dos seus e amigos.
    Vou também adicionar o seu link do Blogue ao meu.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Excelente, amigo Novais!
    Muito bem ilustrada com esta bela alegoria, a viagem da vida!
    Oxalá que nesta carruagem todos possam sair na mesma estação!
    Continuação de uma feliz quadra natalícia!

    ResponderEliminar
  3. Só hoje li o "Comboio da Vida", amigo Novais e olhe que me deliciou lê-la. Saibamos, pois, aproveitar o tempo que nos é dado para "viajar" porque, numa qualquer estação por onde o "comboio" passe, seremos obrigados a "apear-nos" e...não deve dar para prosseguirmos a correr.
    Bom ano, Novais
    FA

    ResponderEliminar